© 2018 por Associação Cultural Recreativa Esportiva Bloco do Beco.

(11) 2638-2430

A brincadeira tem um papel fundamental no aprendizado e desenvolvimento das crianças. É na infância, brincando que as crianças desenvolvem sua sociabilidade, criam e projetam ideias e comportamento sobre o mundo e sobre si mesma. E foi observando o campo de várzea da Favela da Erundina, grande quintal comunitário, que se iniciou o sonho de um espaço onde as crianças pudessem aprender brincando.

 

Observamos a auto organização das crianças que circulavam naquele território, elas brincavam com o que traziam de sua cultura, ressaltando os saberes, hábitos e crenças provenientes de suas famílias vindas de vários Estados do Brasil. Ali estava a pureza do brincar, mas em um espaço ausente de cuidado e de orientação.

 

Buscando a transformação deste cenário, nasce o Bloquinho do Brincar, espaço criado com um único propósito: ser um espaço da cultura da infância acessível a todos.

FOMENTO À CULTURA DO BRINCAR
BRINCADEIRA É COISA SÉRIA

O Bloquinho do Brincar é um lugar organizado e pensado para as crianças, composto por uma brinquedoteca, uma biblioteca e um ateliê. É um espaço lúdico de educação que utiliza o brincar e a cultura popular como metodologia de aprendizagem.

 

A infância é um período importante de experimentação e aprendizagens. A cada geração, a maneira como as crianças vivenciam a infância se transforma. E mesmo com tantas transformações brincar continua sendo um princípio fundamental. Por meio da brincadeira, nossos educadores incentivam as crianças a estabelecerem uma relação de pertencimento com o território onde moram e a desenvolverem suas potencialidades.

 

Nosso compromisso com as famílias, as crianças e a comunidade é oferecer um espaço seguro, confortável e rico em experiências que possam marcar positivamente a infância, influenciando a trajetória das crianças.

"É brincando que a criança se reconhece e se inicia nos mistérios do mundo, e do aprendizado, tornando-se pronta para um desabrochar contínuo e verdadeiro."

Lidya Hortélo